Blog

CFC e Sebrae lançam “Contador Parceiro: construindo o sucesso”, programa de capacitação para profissionais da contabilidade.

img_noticia3004

Por Thatyane Nardelli | Comunicação do CFC

Capacitar os profissionais da contabilidade para atuarem em gestão e inovação visando à criação de uma rede de suporte e consultoria para os pequenos negócios. Esse é o projeto “Contador Parceiro: construindo o sucesso”, fruto da união do Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), lançado nesta sexta-feira (23) durante evento virtual, que reuniu grandes personalidades da classe contábil e representantes das instituições.

Planejar sua presença na internet, entender como construir um ótimo relacionamento digital e saber ler as tendências de mercado são um dos principais objetivos do programa, uma grande oportunidade de capacitação ofertada aos profissionais da contabilidade que desejam crescer e obter sucesso no mercado de trabalho e na parceria com os clientes. “Se vivemos em uma sociedade digital, nós temos que explorar ao máximo os artefatos tecnológicos, para trabalharem a nosso favor. Desta vez, vamos chegar para os mais de 516 mil profissionais da contabilidade, a quem eu comprimento neste momento, com mais concisão por meio da Educação a Distância (EaD), para que eles tenham estruturas educativas para ajudarem os pequenos empresários”, destaca Bruno Saboya, superintendente do Sebrae Pernambuco.

“As ações do Sebrae se estendem a todos os estados, dando suporte a micros e pequenas empresas. Agora, todos os profissionais da contabilidade, dos mais de 5.500 mil municípios que temos em nosso País, também terão a oportunidade de se capacitar com qualidade e eficácia”, diz o presidente do CFC, Zulmir Ivânio Breda. “Esse é, sem dúvidas, um dos maiores programas lançados pelo CFC e isso é graças a essa parceria, que já rendeu grandes projetos ao longo de 20 anos, entre o CFC e o Sebrae”, comemora.

O programa Contador Parceiro surge para auxiliar os profissionais da contabilidade nas transformações impostas pelo novo cenário mundial. Além de contador, ele também possui o papel de consultor estratégico e investidor da inovação, para caminhar lado a lado com o cliente, auxiliando na recuperação e crescimento dos negócios. “Primeiro, parabenizo a excelente atuação do comitê de gestão desse trabalho, que trouxe a importância da mudança desse perfil do contador”, diz o vice-presidente de Desenvolvimento Profissional do CFC, Aécio Prado. “O contador é um consultor e precisa estar cada vez mais aperfeiçoado, em constante mudança de mindset, na área da gestão, da inovação e outras para se colocar como essencial no desenvolvimento socioeconômico”, completa.


Trilhas para o sucesso profissional

O programa “Contador Parceiro: construindo o sucesso”, que será pontuado no Programa de Educação Profissional Continuada do CFC (PEPC), apresenta uma trilha composta por 13 módulos divididos em quatro blocos, que serão liberados aos poucos, para que o profissional da contabilidade tenha tempo de completar o curso com efetividade e tranquilidade, formando o profissional do futuro. As trilhas são:

        — Posicionar-se frente às tendências de mercado;
        — Traçar estratégias vencedoras de relacionamento digital;
        — Implantar técnicas de liderança;
        — Atuar em equipe;
        — Como ser parceiro dos pequenos negócios;
        — Implantar técnicas e ferramentas de gestão;
        — Realizar análise de viabilidade de negócios; e
        — Aplicar a LGPD.

O certificado de conclusão só poderá ser emitido depois que todos os módulos forem completados. Todo o curso é oferecido na modalidade EAD e é gratuito.


O contador e o auxílio na retomada da economia

O mundo passa por um momento único na história. Certamente, a crise sanitária resultante da pandemia de coronavírus é a mais severa dos últimos cem anos. De acordo com o Sebrae, as previsões de recuperação de alguns segmentos econômicos vão até 2022.

Medidas tomadas para garantir a saúde da população e o controle do nível de contágio, como o isolamento social, o lockdown, o fechamento do comércio e o cancelamento de eventos públicos impactaram severamente a economia e os negócios. E os mais vulneráveis neste momento são os pequenos negócios.

Apesar de somarem 17 milhões de empresas, empregarem metade da mão de obra formal e serem os grandes geradores de emprego no país, os pequenos negócios não estão conseguindo superar a crise, e o seu faturamento já caiu 55%, conforme pesquisa realizada pelo Sebrae.

A retomada econômica faz-se urgente e necessária, mas precisa ser feita com cautela e tomando as medidas de segurança adequadas e o papel do profissional da contabilidade nesse momento é imprescindível. “A sociedade precisa adotar novos comportamentos. Empresas precisam se reestruturar, para conseguirem proteger a saúde de colaboradores, clientes e fornecedores. Um dos maiores desafios que tivemos foi a Receita Federal entender como os profissionais da contabilidade são essenciais no apoio à retomada do crescimento dos negócios de micros e pequenas empresas”, revela Carlos Melles, diretor-presidente do Sebrae. “O contador traz uma segurança para os pequenos e micros empresários, em seus respectivos municípios, que participam de programas essenciais para a retomada de seus negócios. A figura do contador é fundamental porque temos a oportunidade, nesse contexto pandêmico, de avançar tecnologicamente, e precisamos caminhar juntos com a classe contábil nesse incentivo para esse público”, reforça Melles.

Para a elaboração do projeto foi instituído um Comitê Gestor, coordenado pela presidente do Conselho Regional de Pernambuco, a contadora Maria Dorgivania Arraes Barbara, que, inspirado no primeiro modelo de capacitação da parceria entre Sebrae e CFC, promovida na década de 90, avaliou as atuais necessidades dos profissionais da contabilidade, bem como dos micro e pequenos empresários, e elaboraram estratégias para que a capacitação seja produtiva e eficiente. “Estamos muito felizes em oferecer um curso, com uma parceria tão forte como o Sebrae, em que o profissional da contabilidade se atualiza para o agora, ajudando o cliente na tomada da melhor decisão, e para o futuro, com tudo que ele precisa para se tornar referência no mercado”, comentou Maria Dorgivania.

Confira a apresentação completa: CLIQUE AQUI.


Programação técnica

Além do lançamento institucional, o evento contou com uma programação técnica de grande relevância. O painel “Gestão 4.0: aperfeiçoando suas capacidades gerenciais e tecnológicas”, que apresentou os impactos da gestão 4.0 no ambiente contábil, apresentado pelo contador professor doutor Marcelo Botelho da Costa, o contador professor doutor José Elias Feres e a contadora professora doutora Marisa Luciana Schvabe.

Para finalizar o evento, o especialista e difusor de conceitos e atividades ligados à inovação radical, sociedade em rede, colaboração humana, economia criativa, digital e estudos do futuro, Gil Giardelli, ministrou a palestra magna: “Gestão do presente, do futuro e gestão inovação. Contador, qual caminho a seguir?”.

Fonte: cfc.org.br